Milton Córdova Junior, Advogado

Milton Córdova Junior

Brasília (DF)
8seguidores0seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Direito Constitucional. Eleitoral. Familia (alienação parental).
Advogado, pós-graduado em Direito Público, com extensões em Direito Constitucional e Direito Constitucional Tributário. Empregado de empresa pública federal. Recebeu Voto de Aplauso do Senado Federal por relevantes contribuições à efetivação da cidadania e dos direitos políticos (acesso in http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2007/09/26/ccj-aprova-voto-de-aplauso-ao-advogado-milton-cordova-junior). Idealizador do fundo de subsídios habitacional denominado FAR - Fundo de Arrendamento Residencial, que sustenta o Programa Minha Casa Minha Vida, implementado por meio da Medida Provisória 1.823/99, de 29.04.1999.

Comentários

(102)
Milton Córdova Junior, Advogado
Milton Córdova Junior
Comentário · há 11 meses
O que se lamenta é exatamente isto: a vítima (Atercino) não pretende acionar judicialmente a CRIMINOSA. Espantoso é o silêncio do Ministério Público, que deveria mover, no mínimo, ação de denunciação caluniosa. O próprio juiz da causa poderia, ex officcio, adotar providências cabíveis - e são muitas. O que a CRIMINOSA fez é crime gravíssimo. Atentou contra os próprios filhos menores, violando direitos - Dignidade Humana é um deles. No ECA e no Código Penal - apenas para ficar em algumas leis - estão tipificadas os vários tipos penais cometidos pela - repita-se - criminosa. Consta que os filhos de Atercino, depois de maiores, declararam à "justiça" a farsa, mas nada foi feito (cadê o CNJ? CNMP?). Enquanto no Brasil se optar por passar a mão na cabeça das alienadoras-criminosas, como a ex-mulher do Atercino, nada vai mudar, pois dessa forma as criminosas continuarão a apresentar falsas denuncias contra os pais de seus filhos. Entendo que trata-se de crime hediondo, que deveria ser DURAMENTE PUNIDO, inclusive com aplicação de graves sanções a juízes e promotores de "justiça" que se omitirem em situações dessa natureza. Recomendo a leitora do artigo "alienação parental judicial".

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

(8)
Carregando

Tópicos de interesse

(3)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Brasília (DF)

Carregando

Milton Córdova Junior

Entrar em contato